Comunicação entre Elipse E3 e Amazon Relational Database Service (Amazon RDS).

O Amazon Relational Database Service (Amazon RDS) é um webservice que facilita a configuração, a operação e a escalabilidade de um banco de dados relacional na nuvem. Este serviço disponibiliza aos usuários vários modelos de banco de dados relacionais, tais como Microsoft SQL Server, Oracle, Postgre SQL e MySQL, entre outros.
Os tipos que interessam ao usuário de Elipse E3 são o Microsoft SQL Server e o Oracle. Para maiores informações sobre este serviço, consulte o link do Amazon RDS.

Neste artigo, ilustraremos como se dá a comunicação entre o Elipse E3 e bancos de dados SQL/Oracle criados no ambiente da Amazon RDS. Para maiores informações sobre a criação de banco de dados, consulte o suporte da Amazon ou acesse blogs e vídeos especializados na Internet.

Amazon RDS SQL Server

Após criar um banco SQL Server no Amazon RDS, o seguinte EndPoint será exibido:

O EndPoint é o endereço de acesso ao banco; comparativamente, ele funciona de modo semelhante ao IP do computador que hospeda o banco. Como nos bancos físicos tradicionais, a porta padrão utilizada pelo SQL Server é a 1433, mas ela pode ser modificada pelo usuário. Além dos dados contidos no EndPoint, são necessárias outras informações:

A informação mais importante é a do usuário administrador do banco; este administrador é criado juntamente ao banco de dados. Uma vez de posse dessas informações, é possível utilizar o SQL Server Management Studio para a conexão com o banco na nuvem:

No campo ServerName, é necessário que o EndPoint do banco seja inserido exatamente como está. Caso a porta padrão seja modificada, o campo ServerName deve ser configurado com: String_EndPoint:Numero_Porta. Observe que as credenciais a serem utilizadas são as mesmas informadas durante a criação do banco. Caso tudo esteja configurado corretamente, será possível acessar o banco de dados:

O banco rdsadmin é um banco interno utilizado pelo sistema e não deve ser alterado. A partir desse momento, deve-se realizar os mesmos procedimentos são os mesmos feitos em um banco físico. Portanto, é necessário criar um banco para que o E3 armazene os dados nele. E embora não tenha sido demonstrado neste artigo, também é possível criar novos usuários.

Uma vez cumprida mais esta etapa, é possível conectar o Elipse E3 a este banco. Para isso, crie um DBServer no E3 com as seguintes configurações:

Neste ponto é necessário inserir o nome do banco criado no Amazon RDS.

Observe que este procedimento em geral é bem semelhante ao da conexão pelo SQL Server Management Studio.

Amazon RDS Oracle

Após criar um banco Oracle no Amazon RDS, o seguinte EndPoint será exibido:

O EndPoint é o endereço de acesso ao banco; comparativamente, ele funciona de modo semelhante ao IP do computador que hospeda o banco. Como nos bancos físicos tradicionais, a porta padrão utilizada pelo Oracle é a 1521, mas ela pode ser modificada pelo usuário.

Neste ponto, uma característica que distingue um banco Oracle de um SQL é a presença do campo Nome do Banco Criado, além do Administrador. Isto acontece porque, ao contrário do SQL Server, no Oracle os bancos não são criados pelo Management Studio, e sim instanciados dentro do próprio sistema do Amazon RDS.

Além dessas configurações, é preciso também ter o Oracle Client 32 bits instalado na máquina do Elipse E3 que este prossa conectar com com o banco de dados na nuvem.

Quando todos estes pré-requisitos tenham sido satisfeitos, a conexão se dará de acordo com os procedimentos descritos a seguir.

Primeiramente, é necessário abrir o programa Net Configuration Assistant, que é instalado com o Oracle Client.
Selecione Local Net Service Name configuration e clique em Next.

Para criar uma nova conexão, selecione Add e clique em Next.

Insira o nome do banco criado no Amazon RDS.

Selecione a opção TCP e clique em Next.

Insira o o EndPoint do banco. Caso queira alterar a porta padrão, é necessário alterá-la neste passo.

Teste o banco a fim de verificar se todas as informações foram digitadas corretamente. Para isso, clique em Change Login e insira as credenciais do usuário Administrador que foi configurado durante a criação do banco.

Uma vez que o processo tenha ocorrido com sucesso, será então necessário criar um apelido para a conexão criada. Este apelido será utilizado nas configurações do banco do E3.

Ao final de todos estes passos, é necessário criar um objeto no E3 e efetuar as configurações:

 

Este artigo foi útil? Was this post helpful?
Yes0
No0

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados com asterisco são obrigatórios *

 
DataBases