Agregação de dados do EPM.

Descrição:

Quais são os tipos de agregação de dados do dataset do EPM?

Solução: 

Dados Brutos:

  • Raw – Busca os dados armazenados sem aplicar nenhuma agregação, ou seja, busca os dados brutos.
  • Trend – Aplica processamento sobre os dados de um intervalo de tempo, priorizando a qualidade para visualização em um gráfico segundo uma dada resolução de tela. Esta consulta, por padrão, traz os valores imediatamente anteriores e posteriores aos limites de início e fim, respectivamente, do período solicitado.

Interpolações:

  • Interpolative – Interpola os pontos consecutivos dos dados de um intervalo definido, segundo a amostragem especificada nos campos Sample Interval e Unit. Para variáveis discretas, a interpolação apenas mantém o valor anterior até o seguinte, enquanto que, para variáveis contínuas, a interpolação entre dois pontos consecutivos é linear.

Médias:

  • Average – Calcula a média aritmética dos valores armazenados que possuem qualidade boa, segundo a amostragem definida nos campos Sample Interval e Unit.
  • TimeAverage – Calcula a média ponderada pelo tempo, utilizando os dados interpolados linearmente, segundo a amostragem definida nos campos Sample Interval e Unit.
  • Total – Retorna o resultado do cálculo Total = TimeAverage * SampleInterval (milissegundos).

Variações:

  • Minimum – Equivale ao campo MinimumActualTime, porém utiliza a estampa de tempo do início do intervalo, e não de quando o valor efetivamente ocorreu.
  • Maximum – Equivale ao campo MaximumActualTime, porém utiliza a estampa de tempo do início do intervalo, e não de quando o valor efetivamente ocorreu.
  • MinimumActualTime – Retorna o menor valor presente no intervalo especificado nos campos Sample Interval e Unit, utilizando a própria estampa de tempo de quando o valor ocorreu.
  • MaximumActualTime – Retorna o maior valor presente no intervalo especificado nos campos Sample Interval e Unit, utilizando a própria estampa de tempo de quando o valor ocorreu.
  • Range – Retorna a diferença entre o valor máximo e mínimo do intervalo especificado nos campos Sample Interval e Unit. Se houver apenas um valor com qualidade boa no intervalo, é retornado o valor 0 (zero).

Contadores:

  • Count – Retorna o número total de dados com qualidade boa armazenados no intervalo especificado nos campos Sample Interval e Unit.
  • DurationInStateZero – Retorna o tempo transcorrido, em milissegundos, dentro do intervalo especificado nos campos Sample Interval e Unit, em que o estado do tag era 0 (zero).
  • DurationInStateNonZero – Retorna o tempo transcorrido, em milissegundos, dentro do intervalo especificado nos campos Sample Interval e Unit, em que o estado do tag era diferente de 0 (zero).
  • PercentInStateZero – Retorna o resultado do cálculo PercentInStateZero = DurationInStateZero / SampleInterval * 100.
  • PercentInStateNonZero – Retorna o resultado do cálculo PercentInStateNonZero = DurationInStateNonZero / SampleInterval * 100.
  • NumberOfTransitions – Retorna o número total de transições do valor da variável dentro do intervalo especificado nos campos Sample Interval e Unit.

Delta:

  • Start – Retorna o primeiro valor com qualidade boa encontrado no intervalo especificado nos campos Sample Interval e Unit, com a estampa de tempo em que ocorreu.
  • End – Retorna o último valor com qualidade boa encontrado no intervalo especificado nos campos Sample Interval e Unit, com a estampa de tempo em que ocorreu.
  • Delta – Retorna a diferença entre o primeiro e o último valor dentro do intervalo especificado nos campos Sample Interval e Unit, e que tenham qualidade boa. Corresponde ao resultado do cálculo Delta = End – Start.

Qualidade:

  • DurationGood – Retorna o tempo, em milissegundos, em que os dados estavam com qualidade boa no intervalo especificado nos campos Sample Interval e Unit. A qualidade é definida a partir da qualidade dos dados do limite do intervalo.
  • DurationBad – Retorna o tempo, em milissegundos, em que os dados estavam com qualidade ruim no intervalo especificado nos campos Sample Interval e Unit. A qualidade é definida a partir da qualidade dos dados do limite do intervalo.
  • PercentGood – Retorna o resultado do cálculo PercentGood = DurationGood / SampleInterval * 100.
  • PercentBad – Retorna o resultado do cálculo PercentBad = DurationBad / SampleInterval * 100.
  • Worst Quality – Retorna a pior qualidade dos dados presentes no intervalo especificado nos campos Sample Interval e Unit. A qualidade Bad é pior que Uncertain que, por sua vez, é pior que Good. A estampa de tempo sempre corresponde ao início do intervalo.

NOTA: A agregação dos dados em uma consulta a partir dos dados do processo armazenados segue o padrão OPC UA, definido pela OPC Foundation (www.opcfoundation.org), exceto pelas opções Trend, PercentInStateZero e PercentInStateNonZero. O tipo Trend foi criado pela Elipse Software para melhor performance na geração de gráficos.

Este artigo foi útil? Was this post helpful?
Yes1
No0

Deixe seu Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados com asterisco são obrigatórios *